Heineken deve, aos poucos, abandonar marcas da Kirin
14 de junho de 2017

 

Para atender às crescentes demandas do mercado consumidor de cerveja, em especial da região Nordeste do País, o Grupo Heineken no Brasil começa a operar na Bahia, a primeira linha de produção de Heineken na região. Com isso, a unidade de Alagoinhas será a quarta do grupo a produzir a cerveja Heineken no Brasil.

A companhia anunciou, no último dia 30 de novembro, o investimento de R$ 135 milhões na indústria do Estado, o que reforça a parceria da empresa com a Bahia e com o município, através do fortalecimento socioeconômico, proveniente da geração de mais de 930 postos de trabalho, sendo 636 diretos e outros 300 indiretos.

De acordo com Marcelo Jorge de Araujo, Diretor da cervejaria, a nova linha acompanha o crescimento do mercado de cervejas Premium, liderado pela marca Heineken. “O Grupo Heineken no Brasil tem o compromisso de atender o mercado brasileiro com cervejas de alta qualidade e sua estratégia de operação acompanha o crescimento do mercado e favorece a logística, em especial na região Nordeste”, afirma.

A obra incluiu a montagem de 4 tanques horizontais, chamados de HORAPs, que são usados exclusivamente para o processo de fermentação de Heineken; ampliação da linha de vidro – a maior do grupo no Brasil em flexibilidade de produção para diferentes tipos de embalagens; nova embaladora para a linha de latas, permitindo a fabricação de diferentes produtos e embalagens e uma nova e moderna linha de chope.

A Cervejaria de Alagoinhas está entre as maiores do grupo e os investimentos recebidos são parte de um projeto que se estenderá até 2019.

 

Fonte: BCW Global

Reprodução: UP Conteúdo Criativo/ Febradisk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *