Depois de pagar R$ 2,2 bilhões pelos ativos da Brasil Kirin no Brasil, a cervejaria holandesa Heineken ficou com 12 novas fábricas nas mãos – estrutura essencial para seu crescimento no País –, mas herdou o portfólio de marcas da Kirin, considerado problemático por boa parte do mercado, já que vinha perdendo fatia de mercado nos últimos anos. A aposta de especialistas em marketing e no setor de

Heineken anunciou nesta segunda-feira (13) a assinatura de um acordo com a Kirin Holdings Company para adquirir a operação brasileira da Brasil Kirin por 664 milhões de euros (US$ 704 milhões).  Com a aquisição, a Heineken pula para o segundo lugar entre as maiores cervejarias do país – com uma participação de quase 19%.

Cade aprova compra da Kirin pela Heineken

Posted by multgestao on 14 de junho de 2017
0
Category: CONVENÇÕES

O Cade entendeu que a operação não causa concentração maior do que 20% no mercado nacional nem maior do que 50% nos regionais.

São Paulo e Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou ontem a compra da Brasil Kirin pela Heineken, anunciada em fevereiro. A operação criou a segunda maior cervejaria no Brasil. Além da marca principal, a Heineken já comercializava no Brasil os rótulos Kaiser, Bavária, Amstel, Sol,

Reunião Diretoria Febradisk

Posted by multgestao on 14 de junho de 2017
0
Category: CONVENÇÕES

Aenean enim justo, malesuada in mauris ac, euismod viverra eros. Morbi quis arcu eget diam efficitur consequat sit amet pretium nunc. Phasellus sodales tristique sem ultrices ornare. Vivamus erat nulla, posuere in neque ac, pulvinar aliquam metus. Maecenas pellentesque sapien quis dictum tincidunt. Suspendisse potenti. Vivamus interdum tempus venenatis. Proin facilisis ligula at eros hendrerit, eu pretium dui lobortis. Nullam vitae metus sed metus pellentesque ornare sed id nulla. Ut mi ligula, semper placerat nunc