Para atender às crescentes demandas do mercado consumidor de cerveja, em especial da região Nordeste do País, o Grupo Heineken no Brasil começa a operar na Bahia, a primeira linha de produção de Heineken na região. Com isso, a unidade de Alagoinhas será a quarta do grupo a produzir a cerveja Heineken no Brasil. A companhia anunciou, no último dia 30 de novembro, o investimento de R$

Depois de pagar R$ 2,2 bilhões pelos ativos da Brasil Kirin no Brasil, a cervejaria holandesa Heineken ficou com 12 novas fábricas nas mãos – estrutura essencial para seu crescimento no País –, mas herdou o portfólio de marcas da Kirin, considerado problemático por boa parte do mercado, já que vinha perdendo fatia de mercado nos últimos anos. A aposta de especialistas em marketing e no setor de

Heineken anunciou nesta segunda-feira (13) a assinatura de um acordo com a Kirin Holdings Company para adquirir a operação brasileira da Brasil Kirin por 664 milhões de euros (US$ 704 milhões).  Com a aquisição, a Heineken pula para o segundo lugar entre as maiores cervejarias do país – com uma participação de quase 19%.

Cade aprova compra da Kirin pela Heineken

Posted by multgestao on 14 de junho de 2017
0
Category: CONVENÇÕES

O Cade entendeu que a operação não causa concentração maior do que 20% no mercado nacional nem maior do que 50% nos regionais.

São Paulo e Brasília – O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) aprovou ontem a compra da Brasil Kirin pela Heineken, anunciada em fevereiro. A operação criou a segunda maior cervejaria no Brasil. Além da marca principal, a Heineken já comercializava no Brasil os rótulos Kaiser, Bavária, Amstel, Sol,